Tags

, , ,

a temporada de verão acabou.

foram-se os turistas.

sobraram alguns retardatários insignificantes na imensidão do mar.

não contam.

hoje, éramos eu, as ondas, a chuva,

e algumas gaivotas ensaiando seu regresso.

estamos tímidas e receosas, elas e eu.

nosso santuário foi afrontado e desrespeitado.

que a chuva e o tempo purifiquem

a heresia do abuso e do descaso.

Anúncios